Em briga de marido e mulher se mete a colher sim!

E aii Família linda! Não sei se todos aqui sabem mas essa semana a lei Maria da Penha completou 12 anos e como mulher me senti no dever de falar sobre o assunto, pois apesar dela existir todo esse tempo, em alguns casos ainda falta coragem!

Violência-contra-mulher-533x300

É nosso dever sabermos nossos direitos e com isso devemos entender que a violência contra a mulher não engloba apenas a física mas, sim, cinco tipos diferentes:

1- Violência patrimonial: Qualquer comportamento que configure o controle forçado (ex: destruição ou subtração de bens matérias);
2- Violência Sexual: Todo e qualquer ato que forcem ou constranjam a mulher a presenciar, continuar ou participar de relações sexuais indesejadas, com intervenção de força física ou ameaça;
3- Violência Física: Maneiras de agredir que violem os preceitos, a integridade ou a saúde da mulher;
4- Violência Moral: Toda e qualquer conduta que represente calúnia, difamação e/ou injúria;
5- Violência Psicológica: Todo e qualquer comportamento que cause a mulher um dano emocional, diminuindo sua autoestima, causando constrangimentos e humilhações.

Conhecendo nossos direitos adquirimos a capacidade de discernir e/ ou interferir nos casos onde alguém os viole.

Sabe aquela história de “briga de marido e mulher não se mete a colher”? Então, isso nunca fez sentido galera!!! Você pode estar ajudando a salvar uma vida pois, na maioria das vezes, mulheres que se encontram em relacionamentos abusivos não se dão conta disso até pular fora. Portanto, devemos sim meter a colher!

Resultado de imagem para lei maria da penha 12 anos

A vida às vezes nos coloca em situações difíceis e temos de aprender com elas. Depois de eu mesma e algumas amigas minhas termos passado por esse tipo de relacionamento descobri que não não é normal em uma briga, onde ele está errado, de alguma forma a situação acabar se invertendo e você se tornar errada, não é normal ele falar que ninguém vai te amar e aceitar como ele, que não existe essa história de ele não ficar feliz com suas conquistas, enfim, inúmeras situações. Com isso quero dizer que é mais comum do que você pensa e meninas prestem atenção para identificar e sair fora de situações assim!

Resultado de imagem para lei maria da penha 12 anos

Aprendi que quando se trata de relacionamento devemos entender que não somos donos do outro e que não existe essa história de metade da laranja ou completar o outro. Se cada ser é um universo, significa que somos inteiros e completos assim como a pessoa que escolhemos para estar ao nosso lado e, com isso, cabe ao casal decidir se querem ou não caminhar de mãos dadas.

Enfim, juntos podemos salvar vidas, disque 180 para denúncias!

P.S.: Senti no coração a vontade de acrescentar esse comentário e falar que relacionamento abusivo NÃO cabe apenas pra relação homem-mulher e sim para todo e qualquer tipo de relacionamento independente da orientação sexual, mas entro em detalhes com vocês em outro post!

Xoxo
Uma analógica na era digital

Deixe aqui seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s