Labirinto em Goiânia!

E aí, família?! Já estamos caminhando para o fim das férias. Mais um final de semana que também se aproxima e você está aí, sem ideia do que fazer? A melhor notícia é que a exposição Labirinto, do artista Christus Nóbrega, foi aberta ontem (18) e ficará em cartaz até o próximo dia 31 de agosto, na galeria de arte Hacibe Hanum, do Instituto Leo Romano, em Goiânia. Se interessou? Então vem por aqui ver que vale super a pena conferir!

Sob curadoria de Cinara Barbosa, o trabalho é fruto da investigação de cerca de três anos do artista paraibano radicado em Brasília e Professor Adjunto do Departamento de Artes Visuais (VIS), da UnB. Trata-se de uma produção que revisita as memórias familiares, a história social das pequenas aldeias da Paraíba, como a Chã dos Pereiras, e apresenta obras que têm a renda labirinto como matriz e metáfora para as tramas que constituem a vida.

A renda labirinto, introduzida no Brasil no século XVII por europeus, ainda é muito popular graças a sua técnica que se distingue pelo desfiamento do tecido, que é posteriormente preenchido com motivos florais. A ideia de fazer um trabalho ligado a esse tipo de costura surgiu, porque a avó de Christus morava em uma cidade vizinha a Chã dos Pereiras  – que tinha a tradição de produzir a renda labirinto. Em um determinado período da vida, a avó do artista precisou trabalhar com esse tipo de arte para poder sustentar sua família, já que após ficar viúva ela acabou perdendo a pensão do esposo, e precisou dar a guarda das crianças para outras famílias por causa da falta de recurso.

Assim, a curadoria mantém o propósito de ressaltar o entrelace das peças como medida das tramas diversas dessas histórias de vida. As fotos coloridas, recortes de cenas da casa da avó de Christus, que também morou na região, pontuam os sutis desvelamentos dos processos de busca. Aqueles que se fazem pelo caminho que se é possível trafegar a cada momento. 

E, embora a exposição Labirinto seja um trabalho bem pessoal e íntimo, o trabalho acaba sendo uma ‘releitura’ da realidade de outras pessoas também. “Eu falo da minha história pessoal, mas que também é a história de muitas famílias brasileiras”, afirma o artista ao Essência. O artista ainda relata que a exposição acaba falando um pouco da situação do Brasil, da dimensão política e do papel da mulher na sociedade – como mantenedora da renda familiar.

View this post on Instagram

Imperdível! Impecável! @christusnobrega

A post shared by Instituto Leo Romano (@institutoleoromano) on

Labirinto é uma exposição itinerante que já foi apresentada em outras cidades como Brasília e Belo Horizonte. Contudo Christus destaca que a mostra, em Goiânia, traz peças que foram feitas exclusivamente para a exposição na Capital. Só bora?

Serviço

Exposição Labirinto
De 18 de julho a 31 de agosto de 2018
De terça-feira a sexta-feira, das 14 às 18h; sábado, das 9 às 15h
Instituto Leo Romano
Rua 131, número 79, Setor Sul, Goiânia
Tels. (62) 3086-1965 e (62) 3945-4870
www.leoromano.com.br
@institutoleoromano

Deixe aqui seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s