Cerveja de verdade, até na sola do pé!

Saaalve, família! As cervejas artesanais caíram no gosto da galera já faz um tempinho. E os cervejeiros da família sabem que as especiais têm seu lugar, não é mesmo? Outro dia tive a honra de degustar as cervejas da MJ, uma cervejaria 100% Anapolina e simplesmete M A R A V I L H O S A!

Agora, em um mundo em que discussões sobre sustentabilidade e o impacto das ações humanas no meio ambiente (e em outros humanos) está em alta, esse universo distinto encontrou na parceria entre as curitibanas Öus Brasil e Whatafuck Hamburgueria, uma forma de se adequar aos novos tempos — nos fazendo repensar na forma como vemos o lixo.

sneaker 2

O Whatafuck Hamburgueria produz sua própria cerveja, e os restos de malte, vistos até então como lixo, são coletados pela  marca de calçados ÖUS que une design arrojado a técnicas inteligentes de criação na produção de solado para a linha do sneaker Ueno Whatafuck Imperial.

É bem fácil de entender, funciona assim: misturado ao  látex, o bagaço do malte exerce uma função sustentável ao dar cor ao solado, trazendo um pigmentação e textura natural dos compostos e minimizando o uso de tinturas a favor do tingimento natural. O processo é artesanal, e envolve o manejo de quase meia tonelada de malte úmido. Já o cabedal do calçado é feito de couro nobeck com detalhes perfurados e carimbados na coloração marrom alaranjado, muito semelhante ao tom da cerveja e seu forro interno e palmilha apresentam um print com o rótulo da bebida. Amei super a ideia!

 

Em sua divulgação, a marca afirma que ” enquanto a maioria das cervejarias engana a torcida vendendo cervejas de milho, aqui o puro malte está até na sola do pé.”. Sendo assim, esse é o primeiro tênis do mundo feito com cerveja de verdade, que pode ser encontrado em Curitiba, cidade da Whatafuck, e também no no site da Önus Brasil, com entrega em todo país. Sai por R$ 379.

O Ueno Whatafuck Imperial (Foto: Divulgação)

Mais um exemplo de como é possível criar novos produtos de maneira sustentável em uma cultura que ainda produz muito plástico e uma indústria ainda às voltas com o desperdício, né? Juntos vamos mudar isso!

Beijos

Awa Guimarães

fimdepost

 

Deixe aqui seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s