MADE 2018

E aí, família?!  O prédio da Bienal de Sampa no Parque Ibirapuera recebe mais uma vez a Made – Mercado Arte Design 2018, feira de design colecionável que tem como principal compromisso o incentivo ao design autoral do Brasil. Vem comigo!

De ontem, 27/06, até 1/07, é possível conferir os lançamentos em design nos mais de 100 expositores entre nomes nacionais e internacionais com direito a uma exposição inspirada em uma exibição de 1934 realizada no MoMA, Museu de Arte Moderna de Nova York, com curadoria do arquiteto Philip Johnson, que levou, pela primeira vez, o design industrial para dentro de uma instituição de arte.

O tema desta 6ª edição do evento, aliás, é Machine Art. Os objetos utilitários selecionados por ele para a exposição no MoMA, em Nova York, em 1934, ganharam status de escultura e promoveram uma reflexão sobre o homem e a máquina. A mesma abordagem é apresentada aqui numa mostra com reproduções de fotos do evento original e uma instalação que questiona como aliar criação e industrialização para manter o design relevante. A curadoria é de Hilary Lewis, diretora criativa da fundação Glass House, projeto assinado pelo norte-americano.

Robert Stadler foi o escolhido para receber a honra de Designer do Ano pela MADE. Além de designer, Robert é um artista multifacetado questiona a identidade do objeto e explora o espaço de exibição. Na feira, apresenta a mostra Studio Reconstitution, em que traz seu universo criativo combinando imagens de produtos e protótipos originais autorais.

Veja os destaques:

270618-made-growroom

O Growroom é uma estrutura em madeira, formada por apenas 17 chapas de encaixe simples, desenhada por Mads-Ulrik Husum e Sine Lindholm em parceria com o laboratório dinamarquês Space10. A ideia é funcionar como uma horta urbana – fora que fica linda cheia de plantas, né?

270618-made-leon-ades

Nessa mesma pegada, Leon Ades apresenta esse móvel que serve como uma horta pra casa com sistema de autoirrigação! Ele tem autonomia de até 3 semanas entre regas e possui um sistema todo construído em materiais naturais como bambu, bioplástico de amido, fibras… Ou seja: no descarte, ele é total biodegradável!

15 peças para ficar de olho na MADE 2018 (Foto: divulgação)

Ainda na série Botânica, Roberto Romero explora os contornos da costela-de-adão com olhar purista. A folha de aço soldado e moldado à mão pode ir para um vaso ou ser pendurada na parede. Disponível em preto-fosco, verde-bandeira e amarelo.

270618-made-sergio-cabral

A exposição do designer Sergio Cabral, “Eu Falo Colher”, pensa em símbolos de feminilidade e masculinidade e convida designers pra doarem pedaços de madeira pro desenvolvimento de peças. Bem interessante porque existe uma explicação no processo criativo de cada um dos itens!

270618-made-nicole-tomazi

A coleção Genius Loci de Nicole Tomazi fala sobre pequenos produtores, fazer manual e o ritmo mais lento. E é linda!

Trabalho de André Ferri com madeira reciclada de um casarão em Belo Horizonte

Outro projeto bem bacana é o trabalho de André Ferri com madeira reciclada de um casarão em Belo Horizonte.

270618-made-mari-dabbur

Já Mari Dabbur foi até o Vale do Jequitinhonha e encontrou as mulheres da comunidade do Campo Buriti. A linha Dona Flor, com essas flores de cerâmica desenvolvidas por elas e encaixadas em bandejas rosê, são um charme!

15 peças para ficar de olho na MADE 2018 (Foto: divulgação)

Para Tocar o Sensível é uma série de objetos que sugere a possibilidade de tatear o céu e aspirar o intangível. As esculturas de escadas, joalheria de parede, são criações da conterrânea Fabiana Queiroga.

A curadoria de conteúdo do evento, assim como a seleção dos expositores, é feita pelos sócios Waldick Jatobá e Bruno Simões. E a organização ainda conta com conselho consultivo participativo composto por Claudia M. Salles, Marcio Kogan, Corinna Sagesser, Maurício Eugênio e Jorn Konijn.

 

MADE (Mercado.Arte.Design)

Quando: de 27 de junho a 01 de julho de 2018 (quarta a sexta das 13h às 21h; sábado das 12h às 20h e domingo das 12h às 19h)
Onde: Pavilhão da Bienal (Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Ibirapuera, São Paulo/SP)
Ingresso: Quarta a Domingo: R$ 30,00 | Meia entrada para idosos e estudantes: R$ 15,00
Informações: http://www.mercadoartedesign.com
Instagram: @mercadoartedesign

Sério, quem estiver em São Paulo passa lá! Visitinha imperdível!

Beijos

Awa Guimarães

fimdepost

Deixe aqui seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s