McQueen: Lenda. Provocador. Gênio.

E aí, família?! Neste domingo, estreia o documentário sobre a vida de um dos maiores gênios da história da moda, Alexander McQueen. O filme, que tem sido muito aguardado, oferece um registro intenso e vigoroso sobre a curta vida do estilista. No post de hoje trago um gostinho do que vem por aí. Vem comigo conferir!

McQueen (2018), um longa-metragem dirigido pelo britânico Ian Bonhôte e produzido por Peter Ettedegui sobre a vida e obra de seu conterrâneo Alexander McQueen, estreia durante o Tribeca Film Festival, em Nova York e dia 8 de junho nos cinemas europeus.

A ideia do filme é a de revelar as turbulências e inspirações do criativo. “Nosso filme celebra o Mozart da nossa era; gênio, beleza, tragédia e dor”, diz Tim Haslam, fundador da Embankment, que financia o longa. Por isso, muitas entrevistas com familiares e os amigos mais próximos estão inclusas, bem como filmes caseiros  e momentos íntimos no backstage de seus principais desfiles.

Nick-Waplington-on-Alexander-McQueen-courtesy-of-Tate
Alexander McQueen nos bastidores, 2009

O roteiro abrange desde os primeiros dias da carreira de Alexander McQueen até o auge de sua carreira no anos 1990 e seus últimos e icônicos desfiles no final da vida, pouco antes do suicídio.

savage_promo1_0
Looks icônicos de Alexander McQueen 

O talento artístico de McQueen e a atenção aos detalhes foram consistentemente considerados como de ponta e o doc vem reforçar a reputação de McQueen como um dos melhores da moda. “Seu senso de estilo se tornou sinônimo da energia crua e da modernidade da cidade e eu não conheço nenhum outro designer contemporâneo a provocar uma resposta imediata tão visceral por parte do público”, diz o diretor Bonhôte.

Infelizmente ainda não se tem notícias de estreia no Brasil, mas a gente já pode conferir um teaser de 30 segundos que, apesar de curto, mostra algumas das coleções mais fortes de McQueen: a inesquecível cena de Shalom Harlow sendo “sprayada” por robôs no Verão 1999 e a coleção de Verão 2001 inspirada em asilos. Provocando a indústria da moda de maneiras que muitas vezes causaram polêmicas, né? Dá o play!

Beijos

Awa Guimarães

fimdepost

 

Deixe aqui seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s