SQUASH: Jonathan W. Anderson e Anthea Hamilton para a Tate Britain!

E aí, família?! Squash é uma super exposição de Anthea Hamilton em colaboração com Jonathan W. Anderson, instalada recentemente nos grandes salões Duveen Galleries, no coração da Tate Britain, em Londres. É mais um passo do estilista em direção à arte contemporânea e está simplesmente demais! Vem ver o resultado dessa visão artística que não se limita à moda!

 

O projeto de instalação e performance foi primeiramente inspirado em uma imagem de uma pessoa fantasiada de abóbora deitada em uma videira, que Hamilton viu anos atrás, quando estudou teatro de improvisação e práticas artísticas participativas nos anos 60 e 70. A fotografia, na verdade, mostrava uma cena de uma dança do coreógrafo americano Erick Hawkins. Hawkins estava interessado nas filosofias dos nativos americanos, por isso se apropriou do traje da Squash Kachina da cultura Hopi.squash_original_2018

Hamilton, por sua vez, convidou Jonathan e juntos exploraram sua própria interpretação da imagem e como ela se sentiria ao imaginar a vida como uma abóbora. O resultado é  bem surreal e exatamente o que torna essa obra tão envolvente! São sete figurinos super elaborados, cada um inspirado por um tipo diferente de abóbora. As cabeças são feitas de fibra de vidro e são bem pesadas. Para as roupas, Anderson usou couro pintado à mão, tricô, veludo, seda… “É tão interessante ver suas roupas de uma forma diferente. Adoro ver os dançarinos se movendo com elas”.

 

 

Anthea Hamilton trabalhou em toda a escultura, instalação e performance. O espaço onde os espectadores vão descobrir a série fotográfica trazida à vida, por um único artista transformado em uma das criaturas decorativas de abóbora de Hamilton, foi todo coberto por 7.000 azulejos brancos.

the-squash-installation-by-anthea-hamilton-at-tate-britain-london-2

“Serve como uma alternativa à arquitetura autoritária das Duveen Galleries e também para funcionar como um palco para as performances, um espaço neutro que está nos termos dos artistas mais do que da instituição”, diz a artista ao The Telegraph.

 

“Anthea tem feito uma contribuição única para a arte britânica e internacional com seus trabalhos visualmente lúdicos e que causam reflexão. Ela cria experiências inesquecíveis que tanto provocam quanto deliciam”, diz Alex Farquharson, diretor do museu.

the-squash-installation-by-anthea-hamilton-at-tate-britain-london-4

Squash fica exposta na Tate Britain até outubro. A duração da performance, os inúmeros figurinos e a longa duração significa que nenhum visitante poderá ver tudo o que está sendo feito. É uma surpresa diferente a cada visita. Massa, né?

Beijos

Awa Guimarães

fimdepost

 

Deixe aqui seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s