O legado secreto de Bill Cunningham

Hey, folks!  Se existiu um olho que soube captar a efervescência da moda de uma cidade, foi o de Bill Cunningham. Quem concorda? O famoso fotógrafo é considerado o antropólogo visual da moda do último meio século. Cunningham não era nem um paparazzo nem um fotógrafo de estilo comum. Também não era um simples retratista de street style, sabe?! O homem vindo de uma “família católica e trabalhadora” passava o dia de bicicleta pelas ruas da cidade, descendo para retratar tudo aquilo que o impressionava. Trabalho que combinava com a cobertura dos eventos sociais das altas esferas da cidade. Sua morte em 2016 comoveu o mundo, mas ele não deixou seu legado acabar por ali. Vem ver o que ele deixou de surpresa pra todos nós, meros admiradores! Venha, venha, venha…

 

O amado fotógrafo de moda e sociedade Bill Cunningham , que trabalhou para o New York Times por quase 40 anos, deixou para trás um enorme arquivo avaliado em US$ 1 milhão. Além disso, sua família descobriu um livro de memórias que apareceu como surpresa para todos. “Bill manteve sua vida familiar em Boston e sua vida profissional em Nova York muito separada”, escreveu sua sobrinha Trish Simonson, em um e-mail. “Ele nos contou histórias ao longo dos anos, mas nada que pintasse um quadro completo do que ele fez e como ele chegou a fazê-lo. Os rascunhos do livro de memórias que encontramos, intitulado e editado e escrito em sua própria voz inconfundível, preencheram muitos espaços em branco de como ele chegou daqui até lá, e o que ele achou ao longo do caminho. ”

merlin_135759771_da4a5087-5777-462b-83d6-6cce2fa95bbc-superjumbo

Ainda não se sabe quando o fotógrafo escreveu a obra, intitulada de Fashion Climbing mas o título é uma referência aos seus primeiros anos de carreira , subindo uma escada da moda invisível, mesmo sem a aprovação da sua família.

O livro narra sua obsessão por vestidos na infância, seu serviço na Guerra da Coréia (na qual ele decorou seu capacete com flores), a mudança para Nova York, sucesso  como a chapeleira “William J.” e seu início como jornalista. É também o retrato pungente de um menino que cresceu em um subúrbio irlandês de Boston, cujas paixões não necessariamente se alinham às expectativas para ele.

22BILL-1-master1050

Cunningham escreveu em um dos primeiros capítulos: “É um crime as famílias não entenderem como seus filhos são orientados e apontá-los ao longo do seu caminho natural”. “Minha pobre família provavelmente estava morrendo de medo por todas essas idéias malucas que eu tinha, e então eles lutaram na minha direção a cada centímetro do caminho.” Em uma página do manuscrito, ele desenhou um pequeno rabisco de um jovem Bill subindo uma escada e acrescentou uma linha atribuída no livro a sua mãe: “O que os vizinhos vão dizer?”

22bill-2-blog427

Mas, além de algumas cenas de discórdia familiar, o livro de memórias de Cunningham é um relato otimista de um sonhador irreprimível que se tornou modesto e apagado em sua auto-apresentação, geralmente vestindo uma jaqueta azul e calça cáqui do trabalhador de saneamento francês para capturar os cidadãos mais extravagantes de Nova York. 

gettyimages-182644426

A publicação será feita pela Penguin Books, do editor Christopher Richards, que adquiriu o livro em leilão. A previsão é de que chegue às lojas em setembro, bem a tempo para o New York Fashion Week. Você poderia pensar em uma época mais adequada se lembrar e homenagear o amado fotógrafo de moda? Massa, né?

landscape-1457720058-hbz-bill-cunningham-rexfeatures-4904776c-index

Essa descoberta representa uma importante revelação de vida. É uma história muito bonita sobre um homem jovem e artístico que encontra seu caminho na cidade de Nova York, em um tipo particular de mundo boêmio que não existe mais.  Vale ler, galeriis!

Beijos

Awa Guimarães

fimdepost

 

 

 

Deixe aqui seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s