Rainha do Desapego!

Quem me conhece sabe que eu amo moda, vivo moda, consumo moda, mas também sabe que eu sou super desapegada e que de pelo menos de 6 em 6 meses eu faço um limpa no meu guarda-roupa. E essa é uma prática que tenho desde criança. A ideia é que quando você doa, você tem mais espaço para coisas novas e novidades sempre me fazem feliz! ♡ Além de que a pessoa que vai receber vai fazer bom uso daquilo que pra mim deixou de fazer sentido e a gente faz aquele ciclo da alegria que a gente tanto tem falado aqui no blog.

desapego

Aí você lê o título e pensa: “Nossa, que ser evoluído…”, mas eu estou longe, mas muito longe de ser! Na verdade a minha felicidade real oficial ainda é comprar o que me dá na telha. Confesso que tem meses que o freio dá problema e eu quero pra mim tudo o que vejo pela frente. Quem nunca né? Mas eu tenho um propósito de vida, testado e afirmado aqui, que eu quero diminuir cada vez mais esse vício e procurar consumir de maneira mais consciente.

Por isso, a ideia do ARMÁRIO-CÁPSULA vem cada vez mais me perseguindo! Será que consigo? Dá medo, embora seja uma coisa muito bacana que quero dividir com vocês, caso nunca tenham ouvido falar!

Eu sou consultora de estilo, então consigo exercitar bem o fato de combinar o maior número de peças entre elas, sem muita dificuldade. Mas a opção de montar o armário-cápsula é ótima para quem quer aprimorar esse lado, se desintoxicar um pouco do fast-fashion e valorizar aquilo que você já tem e quem sabe, redescobrir o seu guarda-roupa. Garanto pra vocês: Isso é mágico!

closet

A primeira coisa que devemos fazer é um limpa, desapegar, doar aquilo que a gente não usa mais ou que fica lá em caso de “vou emagrecer”. Não adianta cair nessa cilada, embora eu queira que você emagreça, tá? Mas se aquela peça já está a mais de um ano lá encalhada, pode ter certeza que você não vai querer usá-la novamente, experiência própria. Então, doe, você se sentirá melhor depois por mais que doa na hora! Hahaha!

Depois disso, pegando informações de vários artigos que li a respeito, a indicação é escolher 30 peças que você gosta muito e que ainda usa, é claro! E aí o que acontece? Você vai viver com esses 30 itens por 3 meses sem comprar nadica de nada. Bateu o desespero? Posso dizer que em mim também, mas a gente tem que compreender que isso vai dar mais alegria do que frustração com o passar do tempo e que o autoconhecimento que fica desse processo não tem preço.

*Dica: Escolha peças mais minimalistas e que conversem entre si, mas respeite o seu estilo!

apego

A ideia é que depois desse tempo você compre só o que é essencial, pois você vai entender o que realmente é necessário para o seu dia a dia. A master blaster do tema, Caroline do blog Unfancy, compra apenas de duas a três peças novas por estação. Ah, tá bom né?

Segundo o site Modefica, um armário-cápsula deve conter: “um mix de bottoms (saias, calças e shorts), tops (blusas, regatas e camisas), casacos (jaqueta, blazer e trenchcoat), sapatos (sapatilha, bota e sandália) e bolsas (de todo dia, fim de semana e noite). Joias e maquiagem não contam.”

Prontinho, acho que eu consegui explicar do que se trata, mas o que quero saber mesmo é: Quem encara o desafio?

Beijos!
Marcelly Silveira

fimdepost

 

 

Deixe aqui seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s